Quanto mais você economiza, mais pobres todos podemos ficar

Um título um pouco forte. Foi assim que um artigo muito interessante da Bloomberg chamou a atenção para um fato pouco observado até então mas que está ganhando mais espaço.

Trata-se dos baixos juros no mundo de hoje não estarem causando uma migração para ativos de maior risco como renda variável e moedas, mas sim, os mais ricos e mais velhos em muitos países estão acumulando muito mais capital para garantirem que terão renda com mínimo risco.

 

Não entendeu? Pense no Brasil, o BC baixou os juros de 14%aa para 2%aa, isto causou uma explosão de investidores na bolsa e a maioria tomou mais riscos para compensar, mas isto não aconteceu tanto em países mais ricos, principalmente da Europa e também no Reino Unido. A classe média, assalariados e principalmente os aposentados, não estão colocando suas economias arduamente conquistadas para trabalhar, e sim estão acumulando muito mais.

A taxa de poupança disparou durante a pandemia, especialmente entre os europeus mais velhos. O banco Barclays estima que os idosos acumularam economias de mais de 600 bilhões de euros no período. Isso certamente proporcionaria um impulso para a economia da Europa se este dinheiro girasse nas ruas. No entanto, observa-se que grande parte desse dinheiro permanecerá sem uso.

 
 
O que está por trás desse acúmulo de dinheiro? As taxas de juros negativas da região deveriam desencorajar a poupança e encorajar gastos e investimentos. Porém para os poupadores mais antigos, no entanto, as coisas parecem um pouco diferentes. 
 

Taxas de juros muito baixas significam para eles não que devem assumir mais risco, mas que você precisa de uma poupança maior ou um pote de aposentadoria bem grande para atingir qualquer nível de renda. A taxa básica de juros pagos pelo Banco da Inglaterra é de apenas 0,1%. Isso significa que para produzir uma renda anual via juros de 10.000 libras (US$ 13.951) exige uma economia de 10 milhões de libras. Quando a taxa era de 5%aa, como era antes da Crise Financeira Global de 2008, você obteria essa quantia com economias de 200.000 libras e com muito pouco risco. Se os juros forem negativos ai nem se fala.

As baixas taxas de juros, ao invés de estimular investimentos de maior risco, apenas estão alimentando o medo entre os aposentados (e aqueles que estão planejando parar) de que suas economias não cresçam e eles acabem ficando sem dinheiro. Portanto, a ideia de usar este capital ou arriscar em investimentos em renda variável é extremamente desconfortável e leva a uma cautela excessiva.

Não é de hoje

Este impacto problemático das baixas taxas de juros é anterior à Covid. Um estudo de 2017 mostrou que muitos aposentados dos EUA continuaram a acumular economias mesmo depois de se aposentarem. As pessoas que chegavam aos 80 anos eram mais ricas do que aos 60 e 70 anos, mesmo levando em consideração a inflação, principalmente porque não gastavam tanto quanto sua riqueza poderia permitir. Na verdade, os mais ricos estavam gastando 53% menos do que poderiam.

A economia comportamental também sugere que as pessoas estão menos dispostas a gastar um ganho de capital do que rendas de juros ou dividendos. O raciocínio é que eles preferem a certeza de um “pássaro na mão” a um ganho de capital não realizado e menos previsível.

Outra causa dessa relutância em gastar as economias é que os indivíduos estão constantemente sendo obrigados a assumir todos os riscos ao sustentar sua aposentadoria.

No passado, os aposentados mais afortunados tinham pensões de vencimento final indexadas que forneciam uma renda regular garantida. Para a maior parte do restante, os produtos como anuidade garantida poderiam replicar uma renda indexada. De qualquer forma, você sempre sabia quanto poderia gastar por mês e não havia risco de que suas economias literalmente “acabassem”.

Hoje, é mais comum que as pessoas assumam todos os riscos, como inflação e volatilidade do mercado, sem falar no “inconveniente” de que podem simplesmente viver mais do que o seu dinheiro. As pensões são muito menos comuns e as rendas pagas por anuidades são muito mais baixas do que antes porque as taxas de juros são muito baixas. Como tal, o cuidado é compreensível.

O problema é que a cautela excessiva pode prejudicar os poupadores e a economia. Os aposentados acabam vivendo de forma mais precária do que o necessário, por medo de ficar sem dinheiro. Ao mesmo tempo, a economia deixa de se beneficiar, pois aqueles com mais dinheiro são os menos inclinados a gastar. E um ciclo vicioso se estabelece que pode impactar toda a economia com o tempo.

Ter um plano pode ajudar com o primeiro problema. Quer seja algo que você mesmo construiu em uma planilha ou o produto de uma consulta a um planejador financeiro, você deseja obter uma projeção sólida de quanto pode gastar para se sentir mais confortável com essas economias.

Antes da mania atual por taxas de juros excepcionalmente baixas, uma regra geral era que sacar 4% de seu capital por ano na aposentadoria era sustentável. Hoje, o conselho é mais cautelar. Alguns consultores sugerem que a taxa sustentável é de 3%. A Artemis Investment acredita que “4% ainda é possível, mas apenas se no mínimo 60% do seu patrimônio permanecer investido em ações. Porém tudo isto em renda variável não combina com alguém avesso a risco, então se você tem estômago para ter 40% em renda variável, é possível conseguir uma retirada de 3,5%aa“.

Acrescentam ainda que “Se você tiver flexibilidade financeira suficiente para evitar  retiradas dos seus investimentos após uma queda brusca do mercado, como aconteceu no ano passado (2020), isso também pode fazer uma enorme diferença no final“.

Veja bem que não estamos falando para não poupar ou não investir em renda fixa, apenas mostrando dados que sugerem que se esta tendência de poupança excessiva continuar nos países ricos, poderá começar a prejudicar  a economia de forma generalizada.  Isto vem ao encontro de nosso artigo recente que explica por que a maioria pretende morrer com “dinheiro no bolso”.

Fonte: Bloomberg; adaptado e comentado por AA40

 
Isenção de responsabilidade: Todo conteúdo publicado neste site baseia-se no direito de expressão garantido nos arts. 5º, IV e 220 da Constituição Federal de 1988. Não somos profissionais de investimentos nem consultores financeiros licenciados. Nenhum ativo e/ou estratégia de investimentos aqui mencionados deve ser considerado indicação de investimento. Este blog representa apenas opiniões e decisões pessoais, que podem não ser apropriadas para outros investidores. Por favor, use o bom senso e/ou consulte um profissional de investimento certificado antes de investir seu dinheiro. AA40 não é responsável pelos resultados de suas decisões, nem responsável pelos comentários postados pelos leitores ou pelo conteúdo de quaisquer sites vinculados. Este blog deve ser visualizado apenas para fins educacionais ou de entretenimento. Resultado passado não é garantia de resultado futuro. Não copie nosso conteúdo sem citar a fonte e pedir autorização.



19 thoughts on “Quanto mais você economiza, mais pobres todos podemos ficar

    1. Arriscar em ações??? Esse blog nao tá ensinando nada aos leitores?? Leia-se " ser socio de boas empresas"… "Investir"… brasileiro eh uma piada… vai andar na roda dos ratos a vida inteira…

  1. Caso não houvesse impressão de dinheiro, realmente a economia pela população mais cuidadosa teria um impacto grande.. Mas com a grande geração de moedas, pelo menos essa questão da poupança gera menos inflação. Fico aqui repensando o tamanho da minha exposição a RV…

  2. Logo muitos batem com as 10 e essa grana é injetada na economia pelos herdeiros, então nesse ponto não faz muito sentido ainda mais nesse momento com o tanto de idoso que foi com o covid, é difícil mudar a mente de quem passou 50 60 anos fazendo o que sempre deu certo entender que agora o jogo mudou…

  3. Se eu fosse na conversa dos outros hoje estaria sem rendas de investimentos. Acreditei em mim, investí em imóveis e hoje estou colhendo frutos com aluguel todos os meses, sem mexer em meu salário. Mas respeito quem pensa diferente.

  4. A Bloomberg fez uma analise muito rasa da situacao. O risco real esta no alto endividamente dos governos e os riscos inflacionarios crescentes. Nao se enganem que vai seguir pra sempre nessa marola de bolsa subindo, juro baixo e todo governo emitindo moeda como se nao houvesse amanha

  5. Isso é decorrente do estágio atual do capitalismo e o discurso anti Estado. Os governos liberais estão acabando com as aposentadorias e as pessoas estão tendo que "se virar". A técnica propagada aqui nesse site é um "sivirômetro" no final das contas.

    Antes a pessoa tinha a certeza que se aposentaria, vc tinha vagas de emprego, vc tinha produtividade. Hj em dia vc não tem garantia de aposentadoria, tem poucas vagas de emprego(menos gente contribuindo) e perdendo produtividade. O dinheiro ta parado rendendo e a economia ta cada vez mais abstrata ao inves de estar na realidade(gerando empregos e produtividade).
    E o pior é que o volume de dinheiro hoje é muito maior, há uma concentração muito grande de dinheiro e é um dinheiro que ta a serviço apenas de rentistas.

  6. AA40,

    Excelente post.

    Um assunto bem complexo, pois em tempos de pandemia, incerteza econômica mundial, juros mais baixos, longevidade maior e aposentadorias menores, muitas pessoas mais velhas talvez não se sintam mais seguras ou confortáveis com investimentos de maior risco.

    Se isso já estava ocorrendo por causa dos juros baixos, a pandemia acelerou – e muito – esse processo, pois se as incertezas se tornaram muito mais evidentes. E em tempos assim, o que se faz? Economiza-se o máximo, prevendo que o futuro pode ser pior.

    Simplicidade e Harmonia

  7. AA40, o título do post dá a entende que economizar nao é bom pra sociedade, levando àquela pergunta clássica: se todo mundo resolvesse buscar a IF, como ficaria a economia ? De fato FIRE hj em dia já é bem diferente da época do trinity study, e quem terá estomago pra encher o carrinho de stocks e passar a velhice olhando o sobe e desce ? A colega blogueira IFM já está colocando como objetivo 10 milhos grandes porque afinal ela gosta de RF. Tomara que consiga ! Pra expandir este artigo, ainda sobre o fato de FIRE ter mudado muito, dá uma olhada no post “FIRE is DEAD” do blog Retire In Progress. Perturbador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.