Conselhos financeiros para quem está entrando no mercado de trabalho agora

O capítulo 33 de um dos melhores livros FIREs escritos até hoje, o The Simple Path to Wealth do J.L. Collins, apresenta um resumo dos passos a serem adotados pela sua filha, para quem o livro foi escrito originalmente, logo após a formatura da faculdade, inicialmente nos 10 primeiros anos de carreira.

Os passos descritos são de extrema importância para todo aquele que pensa em FIRE e também para aquele que apenas deseja obter mais tranquilidade financeira durante sua carreira. Os items abaixo foram adaptados o melhor possível pelo autor deste blog para “transcrever e converter ” tecnicalidades americana para o modus operandis brasileiro. Vamos a ela:

  • Evite dívidas. Nada vale a pena pagar juros para possuir; muito menos nesta fase da vida.
  • Evite pessoas irresponsáveis financeiramente. E não case com uma dessas pessoas;
  • Use esta década trabalhando o máximo que puder, construindo sua carreira e sua reputação (currículo);
  • Isto não significa ser um rato de escritório. Expanda sua carreira e suas possibilidades serão infinitas no futuro;
  • Aproveite que o estilo de vida (geralmente) frugal de faculdade ainda está fresco e mantenha estes hábitos pelo máximo que conseguir;
  • Jamais caia na armadilha de aumentar seu padrão de vida. Será praticamente impossível voltar atras depois;
  • Poupe e invista pelo menos 50% de sua renda. Coloque isto em um ETF de índices que investe de forma passiva e com baixo custo;
  • Tire proveito dos benefícios fiscais dos planos de aposentadoria do tipo PGBL, se valer a pena no seu caso (leia mais);
  • Faça isto pelo menos pelos 10 primeiros anos de carreira e estará no caminho para a independência financeira. E fará disto um hábito;
  • Poupe mais de 50% paga chegar lá mais rápido, um pouco menos ainda você chegará lá, mesmo que demore um pouco mais;
  • Se o mercado ajudar, você chegará mais cedo, se não, um pouco mais tarde;
  • Durante esta fase de acumulação, celebre toda vez que o mercado cair. Considere isto um presente e oportunidade de comprar sua liberdade financeira com desconto. Cada real investido comprará mais papéis;
  • Mas jamais caia na armadilha de achar que poderá prever estas quedas ou antecipá-las;
  • Com cerca de 35 a 40 anos de idade, duas coisas acontecerão, provavelmente você estará no auge de sua carreira e sua independência financeira estará mais próxima;
  • Uma vez que 4% dos seus investimentos cobrirem todo seu custo de vida, você estará financeiramente independente;
  • Isto é: 25 vezes seus gastos anuais ou 300 vezes seus gastos mensais.;
  • Neste ponto você pode decidir se quer continuar com sua carreira, tentar algo novo ou simplesmente curtir;
  • Se você continuar, invista 100% dos seus rendimentos agora. Você já é FIRE e pode viver dos seus investimentos apenas. Isto acelerará muito o crescimento de sua fortuna;
  • Cuidado para não gastar 100% do seu salário agora ou seu estilo de vida invariavelmente subirá e seu plano FIRE pode precisar de ajustes. Se você decidir aumentar seu estilo de vida, tenha certeza de manter em linha com os 4% de sua carteira anualmente;
  • Agora poderá ser a hora de pensar em comprar uma casa se quiser e puder financiar, mas muito cuidado e sem pressa, afinal, uma casa não é um investimento, é apenas cara indulgência.

Estes foram basicamente os conselhos do padrinho FIRE para sua própria filha. Se você é jovem ainda, tem saúde e coragem, fazendo isto já em seus trintas e poucos anos terá F-You Money suficiente para continuar expandindo sua carreira e sua vida sem medo.

Alguns conselhos genéricos dados por consultores de carreira e financeiros, não necessariamente FIRE:

  1. Comece a poupar dinheiro o mais cedo possível: quanto mais cedo você começar a poupar, mais tempo o dinheiro tem para se acumular e se multiplicar através de investimentos.
  2. Faça um orçamento e tente viver dentro dele: saber onde o seu dinheiro está sendo gasto é essencial para controlar suas despesas e alcançar suas metas financeiras.
  3. Evite dívidas desnecessárias: as dívidas podem ser úteis, mas é importante evitar endividamento excessivo, especialmente com cartões de crédito e empréstimos pessoais de alto custo.
  4. Invista em sua educação financeira: quanto mais você souber sobre finanças, mais fácil será tomar decisões financeiras sábias.
  5. Comece a investir o quanto antes: os investimentos podem ajudar a aumentar sua riqueza ao longo do tempo e podem ser uma ótima maneira de alcançar suas metas financeiras.
  6. Faça um plano financeiro: um plano financeiro é uma ferramenta valiosa para ajudá-lo a estabelecer metas financeiras e criar um plano para alcançá-las.
  7. Seja paciente: construir riqueza leva tempo e requer paciência. Tenha em mente que os investimentos de longo prazo tendem a ser mais estáveis e menos voláteis do que os investimentos de curto prazo.

Se você for um pouco mais velho, não se desespere. Nunca é tarde demais. O melhor momento para começar é quase sempre 20 anos atrás, o segundo melhor é Hoje !

Fonte: Adaptado, traduzido e convertido de J.L. Collins, The Simple Path to Wealth, Capítulo 33.

16 thoughts on “Conselhos financeiros para quem está entrando no mercado de trabalho agora

  1. informo primeiramente que não sou gastador, nunca fui, mas isso aí está muito restrito.
    Se a pessoa seguir ao pé da letra ela nunca irá consumir nada, pois de início irá economizar 50% (ou mais) e depois 100%.
    Afinal, quando essa pessoa abençoada poderá fazer uma viagem de custo mais elevado? quando essa pessoa poderá adquirir um bem mais caro?
    Lógico que quem aumenta seu padrão de vida dificilmente depois irá regredir, mas tenha em vista que tem coisas que a idade por si limita. Idosos, por exemplo, não tem mais a capacidade de “conhecer o mundo”. Ou se faz isso jovem ou não se faz.
    Tenho atualmente 47 anos e já meio que sofro com viagens mais longas. Imagine deixar para fazer isso daqui uma década.
    Viagens são um exemplo apenas, talvez a pessoa nem goste, mas ela pode gostar de fazer algo que não faça mais sentido depois de certa idade.

    O segredo, na minha humilde opinião, é o meio termo.

    Abraço!

    1. Boa observação Gil. Mas no caso, a pessoa atingiria FIRE com menos de 40 anos fazendo tudo isto no início de sua carreira, o que normalmente se dá antes dos 25 de Idade. Dos 40 aos 50 é possível fazer muito disso com saúde e disposição ainda. Acho que antes disso fazer um viagem cara ou gastar com um bem maior seria desperdício de oportunidade, mas claro, poucos farão ou seguirão estas dicas, mas com certeza isto faria uma diferença enorme no final das contas!
      Abcs

  2. Boa tarde AA40! São conselhos de valor inestimável! Apenas sobre o conselho adaptado para PGBL que acredito não ser válido para todos. Entendo de onde veio o conselho pois nos EUA eles tem uma conta sem impostos para aposentadoria e está vale muito a pena. Mas não dá pra traduzir pra PGBL. O investimento em PGBL depende de muitos fatores (quanto de contribuição a empresa vai colocar junto, se você tem direito à isenção fiscal, se o fundo que decidiu investir tem bons gestores, etc). É um assunto que divide a Finasfera (PGBL valer a pena ou nao). Grande abraço!

  3. Conselhos válidos, exceto, na minha opinião, a parte do ETF (prefiro escolher as ações e montar uma carteira bem diversificada e com isso evitar empresas ruins que vem de carona nas carteiras dos ETF, fora não gostar de pagar taxas de ADM) e a do PGBL (prefiro montar minha própria previdência do que deixar na mão de um gestor que já tem garantidas as taxas).

    Quanto à casa, acho importante que todos tenham a sua em algum momento da vida, por mais simples que tal imóvel seja, para eventualmente não viver pagando aluguel, principalmente quando se está mais velho. Acho que ter um imóvel próprio é uma condição necessária para a dignidade humana.

    1. Olá Mago, tudo bem?
      Então vc praticamente não concorda com nada kkkk.
      A parte do ETF, está mais que resolvida esta questão de achar que pode escolher empresas boas e evitar as ruins é o maior engano que vc pode cometer, isto desde os anos 80 está claro em diversos estudos. Vc pode fazer isto por um ano, 5 no máximo. 99% dos gestores profissionais NAO conseguem bater o índice por mais de um década. Dá uma lida no nosso manifesto sobre indexar: https://aposenteaos40.org/2019/10/por-que-e-preciso-indexar-mesmo-no-brasil.html
      PGBL tudo bem.
      Casa, importante ter a sua quando puder pagar. Só ler o nosso post de por que pagar aluguel é melhor do que comprar quase sempre, só a diferença entre os valores vc paga duas casas após 30 anos.
      Enfim, está tudo escrito nos mais de 400 posts que temos, só procurar ai ou seguir fazendo do mesmo jeito… mas para quem começa agora, é importante fazer pelo menos o básico.
      abcs
      AA40

  4. Fala AA40,
    Excelente post, acredito que sejam dicas preciosas para quaisquer pessoal, independente de sua idade.
    Sou engenheiro, casado, 31 anos e comecei o meu caminho FIRE há 5 anos, já trabalhava e economizava anteriormente, mas não tinha um objetivo, agora eu tenho. Obrigado por ser uma das pessoas que divulga o movimento. Já pensou em quantas pessoas você influenciou neste caminho?
    Tento levar uma vida frugal, apesar dos obstáculos. O consumo de bens não é o problema, nesta parte não me interesso muito, o problema é a sensação da vida estar passando, eu economizando e deixando de ter experiências, lógico, tem que ter equilíbrio, mas a tentação de fazer uma viagem para um destino caro, ou algo do tipo e não fazer para seguir no caminho FIRE, as vezes é difícil. Já passou por isso? Como lidar? Por enquanto estabeleci com a minha esposa, 1 viagem internacional a cada 5 anos e todas férias, 1 legal pelo Brasil, mas sem absurdos de resort, all inclusive, estas coisas.
    Com relação aos investimentos, concordo em indexar a RV em ETFs no exterior, mas no Brasil ainda não estou convencido, o IBOV é um índice muito concentrado, vou dar uma lida no seu post de 2019, quem sabe não mudo de ideia. Mas hoje prefiro ter RV no Brasil em boas pagadoras de dividendos com 20 ativos para diversificar empresa e setor.
    Com relação ao PGBL, é excelente até atingir o limite da restituição.

    Abraço,

    1. Fala Rafaelm obrigado.
      Cara, passo por isto constantemente e esta semana mesmo tivemos mais uma DR por causa disso, mas cabe aos dois relembrar o objetivo um ao outro e fazer concessões. É difícil, mas é como vc fez eu tbm faço. Estabelecemos que de 500 em 500 mil reais acumulados faremos uma viagem um pouco mais cara (nao mto) para “comemorar” a meta. E nas férias, que geralmente só posso pegar 5 dias consecutivos, vamos de AirBnb mesmo, conhecer algo mais perto de carro, nem que seja acampar com os filhos.
      Dá uma lidinha no post sobre indexar e tbm recomendo ler a página 189-195 do livro The Simple Path to Wealth do JLC para entender o por que. Concordo que IBOV é concentrado e tal, mas eu tenho PIBB11 (sei que nao é bem ibov) desde 2009 e a pouco fiz uma comparação com uma carteira de boas empresas que teria escolhido no mesmo ano (odeio este termo boas empresas, pq isto não existe no longo prazo). O resultado foi surpreendente em favor do PIBB11, tlvz pelo baixo custo dele. Mas hj temos opções no Brasil mesmo para indexar lá fora, ETFs “bdr” como BITO39, BIVB39, ou mesmo IVVB11 para quem, como eu, prefere ficar com RF no Brasil e RV nos EUA.
      Abcs

  5. olá AA40, boa tarde

    Realmente são ótimos conselhos, eu tenho o pequeno VAR (3 anos) e pretendo no momento oportuno começar a ensina-lo sobre finanças.

    Compartilho de um comentário acima, como eu gostaria de ter aprendido mais conceitos no começo da vida adulta. Mas fico feliz de ter aprendido antes tarde do que nunca.

    Abraços,
    Voando Abaixo do Radar

    PS. Adicione-me na sua blogroll: https://voandoabaixodoradar.blogspot.com/

  6. AA40,

    São todas ótimas dicas para um jovem recém-formado.

    Por sorte sempre fui jovem inseguro com à minha estabilidade financeira o que sempre me fez ficar preocupado em manter dinheiro em reserva e buscar educação financeira de qualidade.

    Acredito que estou seguindo a maior parte dessas dicas já faz alguns anos e não me arrependo dessa escolha. No começo você não consegue ver o resultado, mas hoje com quase quatro anos levando a sério a minha vida financeira posso assegurar que às primeiras sementes começam a nascer.

    Sou jovem e tenho apenas 25 anos de idade, mas considero que estou na frente de 99% de quem tem minha faixa etária, claro, muitos tem renda mensal muito maior do que a minha, entretanto quantos desses possuem disciplina e educação financeira? Poucos. A dica que dou para quem está começando na vida profissional é que leve a sério esse post.

    Abraços,
    Poupador do Interior.

    1. Fantástico PI. Exatamente meu caso tbm. A eterna sensação de escassez e que um dia as coisas podem ser mais difíceis faz com que nós estejamos sempre tentando poupar e otimizar ao máximo.
      E vc tem razao quanto ao inicio nao se ver mto progresso, mas estava olhando o post do Voando Abaixo do Radar que está quase chegando em FIRE (https://voandoabaixodoradar.blogspot.com/2023/01/fechamento-do-mes-de-dezembro2022-2022.html) e o gráfico de patrimonio dele é impressionante, o quanto exponencial é. Depois de passarmos do meio milhão a coisa voa
      Abcs
      AA40

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *